terça-feira, 17 de janeiro de 2012

COMO EVITAR ACIDENTES EM ESPAÇOS CONFINADOS.





1. Você tem o direito de se recusar a entrar em espaço confinado, caso as condições de trabalho não sejam seguras.
2. Não entre no Espaço Confinado sem a PET – Permissão de Entrada e Trabalho. Entenda os procedimentos da PET dados no treinamento. Você deve saber quando e como sair.

3. Certifique-se que a sua empresa atende a NR 33 - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE.

4. O empregador deve coordenar o trabalho dos terceirizados e informar a todos os trabalhadores a sua localização e os seus riscos.

5. O Supervisor de Entrada deve providenciar a PET, APR – Análise Preliminar de Risco, isolamento, sinalização, bloqueio ou liberação de energias perigosas. Antes de liberar a entrada, o Supervisor deve avaliar a atmosfera do espaço confinado, ainda do lado de fora utilizando o medidor de gases e uma sonda com mangueira; a atmosfera interior deve ser avaliada continuamente durante a entrada e o desenvolvimento do trabalho; ventiladores, comunicadores, equipamentos de proteção individual e coletiva, escadas, equipamentos movimentadores e de resgate, contra quedas e combate a incêndio devem estar de acordo com a PET.

6. O Vigia treinado deve manter contato visual e por rádio de forma permanente com os trabalhadores, possibilitando ordenar o abandono do local e alertar a Equipe de Resgate quando necessário. Deve haver um procedimento de contagem na saída de todos os trabalhadores, para ter certeza de não esquecer nenhum no interior do espaço confinado

Seguidores